A vida pede mais amor à Porto Alegre – Blog Altos do Central Parque
A vida pede mais amor à Porto Alegre

O Altos do Central Parque reforça o movimento ILOVEPOA. Amar e cuidar de Porto Alegre faz parte das premissas da Melnick Even.

Pontal: o reencontro da cidade com o Guaíba

Em janeiro de 2019, um novo cartão postal começava a ser construído pela Melnick em Porto Alegre: o complexo Pontal. Com vista única para o pôr do sol inconfundível do Guaíba, o Pontal permite o reencontro da população com o lago, já que o local estava sem aproveitamento há mais de 20 anos.

O complexo tem área de 115 mil m² e está próximo à Fundação Iberê Camargo. Mas não é apenas um excelente espaço comercial: tem um propósito maior de entregar experiências aos frequentadores. A própria localização, uma das mais privilegiadas da orla do Guaíba, já mostra o potencial deste lugar.

E o espaço contará com hotel, centro de eventos, escritórios, consultórios e clínicas médicas e um hub da saúde sob responsabilidade do Hospital Moinhos de Vento. Além de shopping, cinema, praça de alimentação e parque público.

A inauguração deve ocorrer em 2022, como previsto no início da obra. No entanto, esse processo começou há mais de 10 anos. Após debates, consulta popular e diversas alterações no projeto, a Prefeitura da capital aprovou a viabilidade urbanística, o licenciamento ambiental e a licença de instalação que deu a ordem de início à construção do complexo.

Conheça em detalhes o Pontal

À frente da construção e comercialização do Pontal do Estaleiro está a Melnick. A gestão do shopping, que tem 25 mil m² de área bruta locável e é capaz de abrigar 163 lojas em três pisos, está a cargo da BM Par Empreendimentos. A megastore Leroy Merlin é uma das cinco âncoras.

A torre comercial do complexo tem 84 metros de altura. É neste edifício, com mais de 20 andares, que está o Double Tree By Hilton Pontal Porto Alegre, com 141 acomodações projetadas. O hotel será voltado ao lazer, com restaurante panorâmico, fitness, piscina com borda infinita, sauna, além de lounge para o espetáculo – quase – diário e infinito de Porto Alegre: o pôr do sol no Guaíba. O empreendimento também contará com 237 unidades de escritórios e consultórios com tamanhos a partir de 28m².

Parque do Pontal

O que configura o empreendimento como um complexo é a conexão da torre ao hub da saúde e ao shopping center. E, claro, ao Parque Pontal. Essa área verde pública, de 29 mil m² e que conta com 700 metros de orla do Guaíba urbanizada, foi planejada no terreno do antigo Estaleiro Só, uma das empresas pioneiras da indústria naval no Brasil.

O projeto foi executado pelo arquiteto e urbanista Guilherme Takeda. E a inauguração ocorreu em 14 de julho de 2018, com atividades esportivas, piqueniques e eventos públicos.

O Parque Pontal entrega à população áreas gramadas, arquibancadas, mirantes para apreciação do pôr do sol, dois píeres, pistas para caminhadas, playground e o Memorial do Estaleiro Só – que resgata elementos históricos do local.

O espaço é aberto ao público e também conta com deque de madeira, palco multiúso, prainha à beira do Guaíba, espaço para food trucks, bicicletário e quadra de areia para prática de esportes.

Além disso, o parque recebeu tratamento paisagístico com 30 mil novas mudas e palmeiras ornamentais. Essa foi uma das condicionantes de licença do projeto e a conexão com as áreas vizinhas.

A Melnick tem como uma de suas políticas a sustentabilidade. Por isso, a área de preservação permanente ao longo do Guaíba foi mantida e delimitada. E, com a ampliação e revitalização de parte ciclovia da orla, o Parque Pontal incentiva o uso de transporte limpo, como a bicicleta.

A preocupação ambiental não para aqui: a torre apresentou redução de 47% no consumo de água, e o hotel, 40%. Também houve economia de mais de 18% do consumo energético e nas emissões de CO². Além disso, cerca de 60% dos resíduos da obra devem ser reciclados.

A preocupação sustentável apresentada já no projeto contribuiu para a classificação máxima na relação do complexo com seu entorno, canteiro responsável, gestão de água e resíduo. Trata-se da certificação AQUA-HQE, de alta qualidade ambiental em Etapa de Projeto.

Mais: o Pontal também foi agraciado com o Prêmio Master Imobiliário em soluções urbanísticas. É uma importante premiação nacional que reforça a relevância de um projeto voltado à conexão com Porto Alegre e sua população.